Skip to main content

Aprender um novo idioma, como o inglês, pode ser uma tarefa assustadora. Um dos primeiros passos nessa jornada de aprendizado é se questionar sobre qual a melhor escola de inglês para alcançar esse objetivo. Portanto, encontrar a opção certa entre as melhores escolas de inglês é o primeiro passo.

Afinal, há muitas características a serem analisadas para definir, de fato, qual a melhor opção entre as diversas escolas de inglês existentes no mercado atualmente. Qual escola de inglês tem a melhor metodologia? E qual tem a melhor duração? Alguma escola oferece o melhor custo-benefício? Pois é, não é tarefa fácil fazer essa análise. Mas, para facilitar e te ajudar montamos esse pequeno ranking com nossa avaliação sobre o assunto para a escolha da melhor escola de inglês do Brasil, seguindo os nossos critérios.

Mas, vale ressaltar, o mais importante para avaliar é se a escola de inglês escolhida por você vai atender e estar adequada às suas necessidades. Lembre-se, as necessidades de nossos leitores podem ser muito diferentes. Nesse sentido, é ótimo termos tantas opções. Alguma delas vai se adequar à sua rotina. Por exemplo, você pode estar precisando apenas de um curso de inglês para viagem. Ou pode estar precisando de um curso completo para iniciantes.

Sem mais delongas, confira o nosso guia completo com o passo a passo para decidir qual a escola de inglês que vai te ajudar a conquistar a fluência e com o ranking especial que montamos para você. Boa leitura!

Ranking das melhores escolas de inglês do Brasil

  1. Inglês do Jonas – Beway Idiomas (melhor custo x benefício)
  2. Fluencypass (melhor opção com intercâmbio ao final do curso)
  3. Conquer English – Inglês do Jeito Conquer (melhor curso com aulas extras focadas no mercado de trabalho)
  4. Cultura Inglesa
  5. CNA GO
  6. Wizard
  7. CCAA
  8. Blue English

Vejamos abaixo a lista completa com um detalhamento de cada escola, mas antes, vamos entender alguns critérios para escolher a melhor escola de inglês para você.

Vamos te ajudar a responder às seguintes perguntas:

  • Como escolher uma escola de inglês?
  • Quais os tipos de metodologia de ensino de inglês?
  • Professores nativos ou professores brasileiros?
  • Aulas particulares, ou aulas em grupo?
  • Aulas presenciais ou online?
  • Como verificar se a escola de inglês é confiável e se o curso é realmente bom?
  • Qual a duração ideal de um curso entre as melhores escolas de inglês?
  • Quanto custa um curso de inglês em uma escola? 
  • Preciso ter certificado?
  • Quais são as melhores escolas de inglês online pagas?
  • Quais são as melhores escolas de inglês para quem é iniciante, intermediário ou avançado?

Como escolher uma escola de inglês? 

Em primeiro lugar, os cursos de inglês existem em diversos formatos, desde cursos preparatórios para IELTS, SAT e TOEFL, até cursos gerais e de conversação. Escolha seu estilo e encontre uma escola que possa oferecer o tipo de aprendizado de idiomas que você deseja.

Veja nosso post sobre quais são as certificações em inglês (clique aqui para ler).

Depois de decidir o tipo de aprendizado de inglês que deseja, tente encontrar uma escola que empregue os melhores especialistas nesse campo. Embora você possa pensar que tudo se resume ao ensino de inglês, na verdade é um pouco mais complicado do que isso. 

Se você já está procurando uma escola de idiomas, por que não encontrar uma que tenha tudo o que você deseja e precisa, além de ser online ou de estar localizada próxima a sua residência ou local de trabalho (se preferir escolas com aulas presenciais)? #ficaadica

Além disso, também vale a pena contar com uma fonte independente de avaliações, pois os depoimentos em sites oficiais costumam ser selecionados pela escola. A nossa dica aqui é que consulte o site Reclame Aqui, ou sites especializados como o nosso, onde avaliamos vários cursos diariamente

Outro ponto de destaque é o custo, que faz toda a diferença na hora de tomar uma decisão. Afinal, nós temos obrigações e contas a pagar, então é preciso ter um equilíbrio para definir a quantia que não vai pesar no bolso.

Por fim, a durabilidade e o ritmo do curso também podem ser fatorem bastante relevantes para a escolha do melhor curso de idiomas, uma vez que são pontos que também impactam no aprendizado e no custo.

Quer aprender inglês rápido e com horários flexíveis? Veja o ranking dos melhores cursos de inglês online – Clique aqui

Quais os tipos de metodologia de ensino de inglês?  

1. O Método de Imersão

Entre as melhores escolas de inglês, as que trabalham com o “método natural” são destaques, pois com essa metodologia você precisa se cercar de inglês o tempo inteiro.

Isso é importante, pois, de acordo com especialistas, você pode ter uma boa compreensão do inglês estudando uma hora por dia, mas não será fácil chegar a um nível nativo de compreensão com apenas isso.

Mas por que o método de imersão funciona? Pense em como os bebês aprendem. Eles vêm ao mundo sem saber nenhuma palavra e são logo cercados por uma língua desconhecida. Pouco a pouco, de tanto ouvir essa linguagem e observar outras pessoas, eles aprendem as palavras, compreendendo e falando, inserindo as palavras nos contextos adequados.

É por isso que esse método também é chamado de “método natural” – quanto mais você se cercar de inglês, mais fácil você aprenderá.

Essa metodologia é a opção ideal se você:

  • reside em um país de língua inglesa;
  • tem dificuldades para memorizar as regras gramaticais;
  • quer conversar em inglês mais rápido;
  • aprende mais com a fala e escuta.

Do mesmo modo, seguem algumas dicas para aplicar e potencializar esse método:

  • altere o idioma para inglês em seu telefone, computador, redes sociais e outros sites que você usa com frequência;
  • junte-se a grupos online de pessoas que tenham os seus interesses e que falam em inglês;
  • fale em inglês com seus colegas estudantes de inglês, sempre que puder;
  • assista a programas de TV, séries e filmes em inglês;
  • leia notícias, artigos e livros em inglês. 

2. Método de Sala de Aula

Desde já, vale ressaltar que o aprendizado de inglês em sala de aula não significa que você precisa ter aulas formais de inglês, mas sim que você aprende como se estivesse em uma sala de aula.

Esse método prioriza a utilização das regras gramaticais, lições de ortografia e vocabulário, além de fundamentos do idioma. 

Ele é a opção ideal na sua escolha pela melhor escola de inglês se você:

  • não se sente à vontade para participar em conversas em inglês, a menos que conheça a gramática e o vocabulário;
  • prefere estudar por um período definido todos os dias, ao invés de se cercar de inglês o dia todo;
  • quer entender inglês com ênfase, não apenas saber falar;
  • está no nível básico do idioma.

Nesse sentido, aqui estão algumas dicas para aplicar esse método:

  • se você não estiver fazendo um curso, encontre um tutor ou nativo para te ajudar;
  • leia os livros didáticos;
  • encontre recursos online para testar a si mesmo, como sites de aprendizado interativos ou questionários;
  • separe um tempo do seu dia para estudar com consistência;
  • refresque sua memória com frequência revisando as anotações antigas.

3. Método Duplo

Você acha que seria uma boa ideia unir os dois métodos? A gente também! E é por isso que existe a modalidade dupla, que combina os métodos de aprendizagem de imersão e de sala de aula.

O método duplo geralmente começa com o aprendizado em sala de aula e, em seguida, adiciona elementos de imersão durante metade do tempo de estudo. É um excelente critério para escolher o melhor curso de idiomas para você.

Então, tente este método se você:

  • tem tempo para se dedicar tanto ao aprendizado em sala de aula, quanto à imersão;
  • quer aprender bem em uma sala de aula, mas também busca o aperfeiçoamento na fala e na comunicação de modo geral;
  • faz cursos que são ministrados em inglês;
  • reside em um país de língua inglesa;
  • está em um nível intermediário ou avançado de inglês.

Desse modo, seguem algumas dicas para aplicar esse método:

  • não se sobrecarregue, lembre-se de fazer pausas e reservar horários para estudar;
  • tente encontrar um bom equilíbrio. Uma maneira de fazer isso é aprender algo novo pela manhã e usar esse novo aprendizado ao longo do dia;
  • encontre um parceiro de intercâmbio de idiomas para praticar o idioma.

Como escolher o professor de inglês? 

A princípio, decida se você precisa MESMO de um professor

Nem todo mundo precisa de aulas formais de inglês, existem muitas pessoas que são bem-sucedidas ao aprender inglês por conta própria. 

Claro, é preciso um pouco mais de esforço para ser um aprendiz de inglês independente, mas uma vez que você desenvolve seu sistema de aprendizado, ele pode ser tão eficaz quanto contratar um professor de inglês. 

Então, aqui estão algumas perguntas a serem consideradas ao decidir contratar um professor de inglês:

  • Aprendo melhor com mais estrutura?
  • Este é o melhor uso do meu dinheiro? Ou devo investir em outros recursos de aprendizado de inglês?
  • O que estou tentando melhorar?

Os professores podem ser úteis se você tiver perguntas específicas e quiser trabalhar uma habilidade específica. Agora, se o seu foco é apenas ter alguém com quem possa praticar a fala, por meio de diálogos, você pode encontrar alguém online que resolva esse problema.

Aulas particulares 1:1, aulas em grupo ou aulas online?

Nesse ínterim, outra decisão é pensar se você quer uma aula individual ou aulas em grupo, o que é válido na hora de optar entre as melhores escolas de inglês.

Nas aulas individuais, você tem muito tempo de fala e as aulas são focadas em você, mas geralmente são as aulas mais caras. Por outro lado, em aulas em grupo, você acaba dividindo os custos com todos os outros alunos, bem como também compartilha o tempo de conversa e o apoio do professor. 

Qual é o melhor o melhor tipo de aula para você depende, até certo ponto, do que você está procurando e de como você gosta de aprender e se sente melhor. 

Não foque no número de seguidores

Ensinar inglês online se transformou, em certa medida, em uma batalha de influenciadores. Agora você encontrará professores de idiomas estrangeiros em todo o YouTube, Facebook, Instagram e TikTok.

Embora as redes sociais possam ser úteis para encontrar professores de inglês qualificados, não confunda ter muitos seguidores com ser um educador habilidoso. Existem muitos fatores que tornam alguém bem-sucedido nas mídias sociais, que são diferentes daqueles que o torna um professor de inglês qualificado, com boa didática.

Em suma, não confunda a popularidade nas mídias sociais com a habilidade de ensino.

Nativo ou bilingue?

Acima de tudo, os alunos de inglês tendem a acreditar que falantes nativos são melhores professores de inglês. 

É verdade que falantes nativos são especialistas em algumas coisas, pois conhecem muitas gírias e usos informais do inglês. Mas há muito mais no inglês do que gírias e falas conectadas.

Nesse sentido, os nativos tendem a ser piores quando se trata de entender e explicar gramática. Pense em você mesmo. Acha que seria um bom professor de português apenas por ser nativo? Você saberia identificar e solucionar as dificuldades de um estrangeiro que estivesse aprendendo a ouvir, falar e escrever em português? Saberia todas as regras gramaticais? Se você não tiver formação para ensinar sua língua nativa, provavelmente a resposta para a maior parte dessas perguntas deve ser “não”.

Em resumo, o fato de o professor ser, ou não ser, nativo não precisa ser um critério eliminatório na sua procura pelo melhor curso de inglês ou pela escola de inglês mais adequada. Sendo assim, você deve analisar os profissionais sem focar tanto nesse aspecto.

Priorize os profissionais certificados

Existem várias qualificações que os professores de inglês podem obter. O mais tradicional é ter um diploma de bacharel em inglês ou em educação.

Em seguida, a próxima melhor qualificação é a CELTA, que é uma certificação concedida pela Universidade de Cambridge. 

Depois, existem outros certificados TEFL, que se referem a certificados diferentes, concedidos por várias instituições. 

Veja nosso post sobre quais são as certificações em inglês (clique aqui para ler).

Como verificar se a escola de inglês é confiável e se o curso é realmente bom? 

Aqui, a nossa dica para analisar as melhores escolas de inglês e saber se são confiáveis é conferir sites como o Reclame Aqui, pois lá você encontra relatos verdadeiros de alunos. Os relatos abrangem aspectos que vão além da metodologia de ensino da escola. Existem avaliações relevantes também da forma de relacionamento da escola com o cliente.

Lembramos que ler apenas a página de depoimentos dos cursos não é suficiente, pois eles podem mascarar a verdade.

Qual a duração ideal de um curso entre as melhores escolas de inglês? 

Se você está determinado a falar inglês fluentemente, já deve ter passado pela experiência de se planejar e estudar mais de 5 horas por semana.

E, provavelmente, isso não deu certo, né? Afinal, todos temos uma rotina a seguir.

Dessa forma, podemos concluir que a média de 2-3 horas por semana pode trazer resultados satisfatórios.

Em média, supondo que você esteja disposto a dedicar seu tempo e esforço para melhorar, você pode passar de um falante de nível B1 (básico 1) para fluente, em cerca de 2,5 a 3 anos

Lembre-se: aprender um idioma requer compromisso, foco e tempo. Não importa o método que você escolher para aprender inglês!

A diferença entre estudar Online e Presencial? 

Online

Qualquer tipo de aprendizado que ocorra na internet pode ser considerado aprendizado online. Hoje, o aprendizado virtual é mais usado para se referir ao material de aprendizado, que permite aos alunos se envolverem com o material de ensino em seu próprio ritmo, de qualquer lugar, disponível a qualquer momento.

Portanto, um programa de aprendizado online incentiva o autoestudo e pode se referir a qualquer coisa, desde um seminário digital de treinamento de funcionários, como um curso de aprendizado do LinkedIn, até um programa de graduação virtual completo. 

Para configurações de aprendizado em sala de aula e corporativas, os sistemas de gerenciamento de aprendizado são utilizados para criar e publicar cursos, conectar alunos e materiais de aprendizado, monitorar a progressão e muito mais.

Presencial

Por outro lado, o aprendizado presencial refere-se ao método tradicional de aprendizagem baseado em sala de aula. Esse estilo de aprendizado envolve sessões presenciais com um professor. 

Dessa forma, o ritmo de aprendizagem é definido pelo instrutor e os alunos neste ambiente são aprendizes passivos. O aprendizado presencial é considerado eficaz devido aos benefícios da interação ao vivo entre o instrutor e o aluno.

Assim, podemos concluir que a modalidade online oferece mais liberdade para o aluno organizar sua rotina de estudos com base nas suas necessidades e realidade. É necessário que você avalie se essa liberdade faz sentido para você, pois exige um grau mais elevado de disciplina.

Quanto custa um curso de inglês em uma escola? 

Essa é uma das perguntas mais procuradas na internet, porém, é difícil trazer uma resposta sólida. Afinal, como você já pode notar, existem diversos elementos a serem avaliados para chegar a uma conclusão sobre o valor médio de um bom curso de inglês

Porém, o que podemos afirmar é que os cursos online costumam ser mais baratos que os presenciais, já que existem menos recursos necessários por parte da escola, além do fato que o aluno não precisa gastar com a locomoção, por exemplo.

Ter um certificado é importante?

Não, o importante é saber falar! 

Claro, existem exceções como no caso de você pretender fazer um intercâmbio, pois as principais instituições costumam exigir alguns certificados aos alunos.

Porém, se o seu objetivo é apenas se tornar fluente no idioma, fique tranquilo e foque apenas no aprendizado.

Quais são as melhores escolas de inglês online pagas? 

As melhores escolas de inglês para quem é iniciante

1. Beway Idiomas 

É uma plataforma na qual você escolhe e elabora um plano de estudos focado em listening, speaking e writing, com base na sua rotina.

Você pode assistir às aulas conforme sua disponibilidade e de acordo com a rotina, além de agendar suas aulas de conversação individuais e ao vivo, com um professor especializado.

Além disso, também é possível fazer os exercícios e tirar suas dúvidas, de maneira rápida, por meio dos canais de suporte.

Sem dúvida, uma das melhores escolas para quem quer aprender inglês. O curso é guiado pelo professor Jonas. Já recomendamos o curso há um tempo e o feedback dos alunos, desde sempre, é muito positivo, portanto seguimos recomendando a Beway Idiomas como uma das melhores escolas de inglês do Brasil.

Ainda, o curso do professor Jonas tem o melhor custo-benefício do mercado, de acordo com nossos critérios de avaliação. Realmente o pessoal da Beway está cobrando muito barato (cupom de desconto aqui) por tudo o que entregam em seu curso. É um curso de excelente qualidade, sem dúvidas.

2. Fluencypass

Para falar da FluencyPass, antes de mais nada, precisamos contar que tudo começou em 2015 quando Diogo e Pamela, após fazerem um intercâmbio que teve diversos problemas, decidiram reinventar o intercâmbio para os brasileiros. Assim, com esse objetivo, foi fundada a FluencyPass.

Dessa forma, eles decidiram democratizar o intercâmbio, removendo as taxas das agências e melhorar a experiência com uma assessoria e um suporte fantásticos.

Nesse sentido, a FluencyPass se compromete a levar estudantes que, de fato, estejam no nível “avançado” de inglês e que conquistem a independência na fala do idioma.

Você pode aprender inglês todos os dias, por meio da conversação diária. Esse é o lema da FluencyPass, uma plataforma de ensino que promete entregar o melhor conteúdo, com menor investimento para caber no seu bolso.

3. Conquer English

Nós conhecemos recentemente o curso da Conquer, o Conquer English. E sim, ficamos encantados com a metodologia utilizada pela escola. Para quem não conhece a Conquer, eles começaram como uma escola de negócios, ensinando liderança, gestão, inovação… E deu muito certo. Atualmente eles têm mais de 1 milhão de alunos em todos os cursos.

Nós acompanhamos alguns cursos deles durante a pandemia e, sim, os cursos são muito bons pois têm uma pegada diferente e com ótima qualidade. Mas em relação ao curso de inglês havia dúvidas, pois não tínhamos tido acesso ao conteúdo em si e às aulas. Contudo, essas dúvidas foram sanadas após verificarmos mais detalhadamente o que a escola está oferecendo! A Conquer está unindo o que tem de melhor na tecnologia, com ótimos professores e inovação. Gostamos muito. Clique aqui para saber mais

4. Cultura Inglesa 

Aqui, temos uma opção bastante conhecida no mercado, mas que agora também migrou para o meio digital. 

A tecnologia de realidade virtual da Cultura Inglesa permite a imersão dos alunos em contextos do idioma, revelando um universo novo de possibilidades para o aprendizado.

Entre os diferenciais, podemos destacar a preparação e aplicação dos Exames de Cambridge, IELTS, Michigan, e TOEFL e outros, além do “cultura experience”, que leva o aluno para uma imersão do idioma, com a avaliação do seu nível de inglês, tour completo pela escola e aula experimental.

5. CNA GO 

O CNA Go é um curso online de inglês para quem quer começar a aprender inglês, seja qual for o seu nível, básico, pré-intermediário ou intermediário. Ele funciona por meio de um aplicativo disponível para Android na Play Store e iOS na App Store.

Ele surgiu para aumentar e democratizar a proficiência de inglês no Brasil, portanto, existe um apelo grande para ser um curso acessível e que cabe no bolso. Afinal, nada melhor do que ter a qualidade já conhecida do CNA, com preço baixo.

Outro ponto que é bastante marcante é a facilidade para aprender rápido, de forma individual, em qualquer lugar, sendo 100% online e no tempo de cada aluno.

6. Wizard 

Os materiais e a metodologia exclusiva de ensino, aliados com tecnologia e modalidades de aula flexíveis, são diferenciais da Wizard. Dessa forma, o aluno aprende de maneira simples e contínua, o que vai ajudar a desenvolver suas habilidades de comunicação, para se tornar fluente no idioma, por meio da fala, audição, escrita e leitura.

Além disso, a Wizard está presente em países como Estados Unidos, Japão, Paraguai e Costa Rica. Ela oferece cursos de 8 idiomas como Inglês, Espanhol, Francês, Italiano, Alemão, Japonês, Chinês e Português.

O maior diferencial da escola é que ela é pioneira no ensino de inglês em Braille para inclusão de pessoas cegas no aprendizado do idioma. Incrível, né?

7. CCAA 

As aulas de inglês e espanhol são dinâmicas, pois os professores usam telas interativas, com tecnologia touch, e os alunos têm acesso às lições com mais recursos visuais e ilustrações extras.

No CCAA, os alunos aprendem de forma natural. Em primeiro lugar, com a audição, entendimento e fala. Em seguida, por meio da leitura e escrita. 

O melhor ainda é que os cursos de inglês online são para todas as idades: desde crianças até adultos!

8. Blue English

O Blue English é um curso que chegou com uma metodologia preparada para revolucionar a forma como você aprende a língua inglesa. Ele mistura as aulas com o Teacher Rege com outros professores nativos. Tudo para entregar o melhor ensino possível.

O curso é uma excelente escolha para aprender inglês, já que como diferencial ele oferece uma pequena amostra de como funciona. Qualquer pessoa pode acessar o site deles e conferir quatro aulas grátis, para ter uma prévia desse método.

Esse é um curso completo, do zero ao avançado, que oferece acesso imediato a mais de 200 aulas, com 4 aulas semanais até a conclusão do curso. Além disso, alguns diferenciais ainda incluem o certificado de conclusão do curso, 15 dias de garantia e acesso ilimitado por 5 anos!

Nesse sentido, a palavra que define a metodologia do curso é imersão, isso significa que o idioma inglês vai te rodear 100% e você vai aprender de forma natural, assim como aprendeu o português.

9. Fluency Academy 

O Rhavi Carneiro é um professor de inglês fluente em 4 línguas e estudante incansável de idiomas. Ele é apaixonado por ajudar as pessoas a falarem novas línguas com fluência. 

Ele fundou a Fluency Academy com esse objetivo e, em pouco mais de 3 anos, se tornou a principal escola online de idiomas do Brasil. 

Composta por mais de 250 profissionais e alguns dos melhores professores do país, a academia de fluência já transformou a vida de mais de 50 mil alunos, levando-os a um excelente nível em um novo idioma.

As melhores escolas de inglês para nível intermediário ou avançado  

1. Preply 

Em primeiro lugar, a ferramenta dispõe de professores especializados, para você escolher aquele que mais combina com o seu perfil.

Depois é só escolher o melhor horário para agendar sua aula e aprender quando quiser. Você vai mergulhar em uma nova carreira com professores nativos que vão oferecer o suporte necessário, sempre que precisar.

Com o Preply, você será bem-sucedido na sua carreira, e vai desenvolver o vocabulário com mais confiança e clareza.

2. Italki 

O Italki é uma plataforma que oferece aulas de idioma individuais com professores nativos. Além disso, você vai praticar o que aprendeu com outros alunos e tirar suas dúvidas.

Na comunidade da plataforma, é possível ajudar os colegas a aprenderem o seu idioma e vice-versa. 

Nesse sentido, o método é muito simples. Você faz o cadastro gratuito na plataforma, e depois confere o banco de dados dos professores. Aqui, é possível avaliar o perfil de cada professor e escolher aquele que mais combina com você.

Em seguida, é o momento de agendar uma aula e fazer a vídeo chamada para iniciar o aprendizado do novo idioma.

3. Busuu 

O aplicativo Busuu, foi fundado por Bernhard Niesner e Adrian Hilti em 2008. 

Desde então, a empresa cresceu bem rápido, e se tornou uma das marcas globais mais reconhecidas no ensino de idiomas, com mais de 100 milhões de usuários no mundo todo!

Em 2015, o Busuu estabeleceu uma parceria com a McGraw-Hill Education, uma das maiores e mais respeitadas empresas de educação do mundo. Com isso, o resultado foi a criação de uma certificação oficial para permitir que os alunos validem sua aprendizagem de idiomas

Em outras palavras, esses testes medem a proficiência nos principais temas dos níveis A1, A2, B1 ou B2 do Quadro Europeu Comum de Referência para Línguas.

As melhores escolas de inglês para aprender de inglês de graça 

1. Curso gratuito de inglês 

De fato, os conteúdos de ensino de inglês no Youtube ganharam força nos últimos anos, porém é difícil seguir um cronograma de ensino, já que as aulas não são recorrentes, mas sim pontuais.

Foi pensando nisso, que esse site surgiu para selecionar os melhores professores de inglês com uma lista de conteúdos que fizessem sentido no aprendizado do aluno nos três níveis

Como resultado, eles organizaram a estrutura do site e colocaram o conteúdo de forma 100% gratuita para os usuários.

E como bônus, ainda existem alguns materiais com explicações 100% de graça para praticar os aprendizados. É um processo simples e rápido, sem login e sem pagar nada. 

2. Duolingo 

O Duolingo é um aplicativo de dispositivo móvel disponível para IOS e Android, conhecido em todo o planeta.

Sabemos que o aprendizado de inglês não é acessível para todas as pessoas. Portanto, o aplicativo surgiu para democratizar essa realidade, e facilitar o conhecimento dos usuários. Ou seja, de forma gratuita, sem taxas ocultas e conteúdo premium.

Portanto, a proposta do aplicativo é oferecer aulas particulares com muita diversão, para se tornar uma experiência interativa e descomplicada, mas sem perder a qualidade do ensino.

3. Alison 

A plataforma internacional Alison, acredita que a educação gratuita tem o poder de romper fronteiras e transformar vidas.

Sendo assim, ela é uma empresa social com fins lucrativos dedicada a tornar o aprendizado possível para a população, em qualquer lugar, hora, e 100% online, seja qual for o nível de estudo.

A Alison foi fundada em Galway, na Irlanda, em 2007 e cresceu de forma orgânica para se tornar uma grande força em educação on-line gratuita e treinamento de habilidades. Hoje, com mais de 25 milhões de alunos em 195 países, a ferramenta está mudando a forma como o mundo aprende e aprimora suas habilidades.

4. Babbel 

Nesse sentido, temos outra opção de aplicativo que se enquadra nas sua agenda e rotina, para entregar  melhor cronograma de estudos.

Por meio do Babbel Live, existem aulas de idioma online com professores experientes e qualificados, que focam em melhorar sua autoconfiança, por meio de conversações da vida real.

Além do inglês, o app oferece aulas de francês, alemão, italiano, russo, espanhol, turco, norueguês, sueco, indonésio, olonês, dinamarquês e holandês.

5. Future Learn 

Seja qual for o tema de sua preferência, a Future Learn tem o curso ideal para você e não seria diferente com o aprendizado de inglês.

Entre os pontos de destaque, os cursos de curta duração podem aprimorar ainda mais o seu aprendizado com ajuda dos ExpertTracks e micro credenciais.

Além disso, os cursos da plataforma foram baseados em mais de 260 universidades e organizações de classe mundial de todo o mundo.

6. edX 

Sobretudo, o lema desse curso de inglês é que “cada indivíduo tem o potencial de criar mudanças, seja em sua vida, em sua comunidade ou no mundo.” 

Foi com essa premissa que o edX foi lançado em 2012 para tornar o ensino de idiomas mais acessível e romper barreiras.

Em suma, já são mais de 3.600 cursos, 42 milhões de usuários, mais de 160 parceiros, 15 mil professores e mais de 100 mil inscrições de usuários.

Você pode estar se perguntando o motivo de grandes e conhecidas escolas de inglês, tais como a WiseUP, a English Live e a Open English não estarem listadas em nosso ranking de melhores escolas de inglês do Brasil. A resposta é simples: apesar de serem boas (você pode ver avaliações delas em nosso site), notamos um alto número de reclamações dessas escolas no Reclame Aqui. A Open English, por exemplo, apresenta mais de 1000 (mil) reclamações nos últimos seis meses.

Por fim, é isso! Espero que tenha gostado do nosso guia e que ele tenha solucionado suas principais dúvidas na hora de decidir qual é a melhor opção entre as melhores escolas de inglês.

Para saber mais, acesse o nosso ranking com os melhores cursos de inglês de 2024!

4.9/5 - (41 votes)
Inglês para Viajar

Equipe de redação do Inglês para Viajar. Todo o conteúdo é revisado por professores e atualizado periodicamente.

Deixe um comentário